Tribunal de Contas suspende licitação do BRT em Feira de Santana

Atualmente, o sistema do BRT em Feira de Santana engloba três estações interligadas através de dois corredores das Avenidas João Durval, com 4,8 Km de extensão, e Getúlio Vargas, com 4,45 Km.

O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) suspendeu a licitação de implementação do BRT de Feira de Santana. A decisão foi publicada na edição do Diário Oficial do município do sábado (19).

A decisão foi tomada após suspeitas de possíveis irregularidades na concorrência da licitação que previa a implementação do sistema de gestão de frota.

Após a suspensão, a prefeitura terá que prestar esclarecimentos ao TCM.

Entre os problemas está o fato de uma empresa concorrente ter solicitado informações às vésperas da licitação. Por conta desse pedido, a Secretaria de Planejamento Municipal teria alterado a data do processo licitatório.

Atualmente, o sistema do BRT em Feira de Santana engloba três estações interligadas através de dois corredores das Avenidas João Durval, com 4,8 Km de extensão, e Getúlio Vargas, com 4,45 Km.

Em maio, foi inaugurado o Terminal Ayrton Senna, para atender mais de oito mil passageiros que utilizam as linhas de transporte público urbano. O funcionamento acontece entre 5h e 23h, com frota de 21 ônibus.

O novo terminal também opera veículos do Sistema Integrado de Transporte (SIT), que ainda está em fase experimental.

Fonte g1/Bahia

Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue por categoria