Anúncio

Pessoas que tiveram casas alagadas devem ficar atentas ao risco de leptospirose

A recomendação é da Secretaria Municipal de Saúde que busca prevenir a infecção por leptospirose.

Os feirenses que tiveram casas alagadas pela chuva e apresentarem febre, dor de cabeça e no corpo devem procurar a unidade de saúde mais próxima. A recomendação é da Secretaria Municipal de Saúde que busca prevenir a infecção por leptospirose.

Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Carlita Correia, durante as situações de fortes chuvas, como a desse final de semana, a urina de animais que está no esgoto ou bueiro pode acabar se misturando com a água da chuva. Sendo assim, qualquer pessoa que teve a casa alagada pode estar sujeita à doença.

“Não queremos que as pessoas fiquem apavoradas, nosso objetivo é apenas alertar para que, caso sejam infectadas, recebam o tratamento adequado e evitem complicações, uma vez que essa doença tem sintomas muito parecidos com a gripe e pode passar despercebida”, ressaltou.

A coordenadora explica que o tempo da transmissão até o aparecimento dos sintomas ocorre geralmente entre sete a 14 dias depois da exposição, mas pode chegar a um mês. “Além das dores de cabeça e no corpo, as pessoas infectadas também podem ter enjoos, vômitos, falta de apetite, olhos e peles amarelados e dores na panturrilha”, frisou.

ORIENTAÇÕES

Em casos de alagamentos pela chuva que elevam o nível da água, não é recomendado nadar, brincar ou tomar banho com o líquido. Os lixos devem ser empacotados da forma correta para evitar a presença de roedores, como os ratos. Ao precisar entrar em contato com a água de enchente, aconselha-se o uso de luvas e botas.

Fonte: Secom Feira de Santana

Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue por categoria