Anúncio

IPCA sobe 0,26% em setembro, puxado novamente pela gasolina

País passa a ter uma inflação acumulada de 5,19% na janela de 12 meses, saindo do intervalo da meta perseguida pelo BC. Gasolina é o subitem que mais subiu em 2023, com alta acumulada de 16,18% no ano.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador considerado a inflação oficial do país, subiu 0,26% em setembro, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O indicador voltou a acelerar em relação ao mês anterior, puxado desta vez por uma alta de 2,8% da gasolina no mês, e uma contribuição de 0,14 ponto percentual no índice geral. Em agosto, o IPCA fechou com alta de 0,23%.

Já em setembro de 2022, o país havia registrado deflação de 0,36%, na esteira da desoneração de combustíveis.

Com isso, o país passa a ter uma inflação acumulada de 5,19% na janela de 12 meses. No ano, acumula alta de 3,5%.

O resultado veio abaixo das expectativas do mercado financeiro, que esperavam alta de 0,33% no mês. Mas, em 12 meses, voltou a sair do intervalo das metas de inflação perseguidas pelo Banco Central. A meta é de 3,25%, com tolerância entre 1,75% e 4,75%.

Fonte g1

Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *