Anúncio

Em seis anos foram diagnosticados mais de mil casos de câncer no CMPC

Dados são essenciais para direcionar estratégias de atendimento e prevenção

No dia 8 de abril, o mundo volta sua atenção para o Dia Mundial de Combate ao Câncer, uma data que ressalta a importância da conscientização, prevenção e tratamento eficaz desta doença que afeta milhões de pessoas globalmente. Em seis anos, foram diagnosticados mais de mil casos da doença no Centro Municipal de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez (CMPC), apresentando um aumento na incidência da enfermidade.

Segundo as projeções que foram publicadas pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), até 2025 o Brasil deverá registrar cerca de 704 mil novos casos. Entre os diversos tipos de cânceres, foram diagnosticados no CMPC o de mama, próstata, pele, útero, tireoide e esôfago. Dentre esses, o câncer de próstata se destaca como o mais incidente, com 717 casos positivos registrados apenas de 2018 até os dois primeiros meses de 2024. No mesmo período, o câncer de mama também apresentou uma incidência considerável, com 251 casos diagnosticados. 

Para Gilberte Lucas, diretora presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, esses dados são essenciais para direcionar estratégias de atendimento e prevenção. “Os números nos mostram onde devemos focar nossos esforços, especialmente em campanhas de rastreamento e atendimento preventivo, visando uma abordagem eficaz para as maiores incidências, como o câncer de próstata e mama”, destaca.

A prevenção e o diagnóstico precoce continuam sendo os pilares fundamentais no combate ao câncer. Consultas regulares e acompanhamento médico são importantes para identificar possíveis sinais da doença e iniciar o tratamento o mais rápido possível. Com o diagnóstico precoce, as chances de cura aumentam significativamente.

Fonte: Secom Feira de Santana

Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue por categoria