Anúncio

Apenas duas universidades da Bahia têm nota máxima em avaliação de qualidade do MEC; confira ranking do estado

Outras 10 instituições receberam a pontuação 4, considerada como ensino de qualidade. Na relação estão as instituições UCSAL, UESB, IFBA, entre outras

As universidades federais da Bahia (Ufba) e do Sul da Bahia (UFSB) fazem parte das 54 instituições de ensino superior do país que alcançaram nota máxima em um indicador federal de qualidade, o IGC (Índice Geral de Cursos), relacionado a 2022. 

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (2) pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), órgão do MEC (Ministério da Educação) responsável pela avaliação. A escala do IGC vai de 1 a 5. As duas primeiras faixas (1 e 2) são consideradas inadequadas, e as instituições podem sofrer sanções do MEC. Por outro lado, os conceitos 4 e 5 são considerados de qualidade, e o 3, indica o mínimo esperado.

Com a nota 5 (índice muito alto): 

  • Universidade Federal da Bahia (UFBA);
  • Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

Com a nota 4 (índice alto): 

  • Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB);
  • Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB);
  • Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública;
  • Universidade Católica do Salvador (UCSal);
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA);
  • Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb);
  • Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs);
  • Universidade Salvador;
  • Faculdade Anísio Teixeira;
  • Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC);
  • Centro Universitário Senai Cimatec;
  • Centro Universitário Jorge Amado.

Fonte Metro1

Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue por categoria