Anúncio

Casos de síndrome respiratória aguda grave aumentam no país

O atual quadro é decorrente do crescimento, em diversos estados, de diferentes vírus respiratórios como influenza, vírus sincicial respiratório e rinovírus.

Os casos de síndrome respiratória aguda grave em crianças, jovens e adultos, no cenário nacional, tiveram aumento, conforme aponta o novo Boletim Infogripe da Fiocruz, divulgado na última quinta-feira.

O atual quadro é decorrente do crescimento, em diversos estados, de diferentes vírus respiratórios como influenza, vírus sincicial respiratório e rinovírus.

O coordenador do boletim, Marcelo Gomes, detalha esse aumento em crianças.

“Quando a gente olha para as crianças, especialmente para as crianças pequenas, aí a gente tem um crescimento muito expressivo, em fundamentalmente todo o país, especialmente por conta do vírus sincicial respiratório, influenza tem um certo impacto, ali nessa faixa etária, e o rinovírus”.

A análise mostra também reversão da tendência de aumento de casos de síndrome respiratória aguda grave na população a partir de 50 anos de idade.

Marcelo Gomes ressalta ainda que é importante manter os cuidados de prevenção e a vacinação. Além disso, orienta que, em casos de infecções respiratórias, sintomas de gripe e resfriados, deve-se procurar encaminhamento médico, além de manter repouso e usar máscara de qualidade sempre que for necessário sair de casa.

A atualização é referente à Semana Epidemiológica 12, de 17 a 23 de março.

Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue por categoria