Anúncio

Aposentado encontra R$60 mil enterrado em quintal de casa e entrega a polícia

Casa foi comprada no fim de agosto de 2023 depois que ele viu um anúncio na internet. Imóvel era de Inêz Piva de Santana, mãe do ex-secretário de Estado de Saúde Afonso Piva, que perdeu o cargo no mesmo mês depois de ser investigado pela Polícia Federal.

Funcionário público aposentado, Raimundo Soares Sobrinho tomou um susto neste sábado (17) ao encontrar quase R$ 60 mil enterrados em um pote de sorvete. O dinheiro estava no jardim de uma casa que ele comprou a menos há seis meses na região norte de Palmas.

“Eu comprei essa casa recentemente pra minha filha morar. Ela foi passar um dia lá em casa, em Itacajá, a cidade onde eu moro. E ontem eu vim deixar ela, e quando amanheceu o dia cedo, eu fui dar uma limpeza nesse pequeno jardim que tem aqui na frente”, contou.

Ele avistou um saco preto enterrado atrás de alguns arbustos. Ao puxar ele viu que havia um pote e quando abriu deu de cara com vários maços com notas de R$ 100 e 50.

“Eu tirei só a tampa, quando eu notei que era dinheiro, eu tampei e botei no mesmo local. Nem cheguei a tocar no dinheiro, não. Aí, retornei o pote para o mesmo local e entrei em contato com a polícia, exatamente para eles fazerem a investigação de onde foi que esse dinheiro surgiu. Eu assustei bastante, fiquei até um pouco tremendo, muito nervoso ainda”.

A casa foi comprada no fim de agosto de 2023 depois que ele viu um anúncio na internet. O imóvel pertencia a Inêz Piva de Santana, mãe do ex-secretário de Estado de Saúde Afonso Piva, que perdeu o cargo no mesmo mês depois de ser investigado pela Polícia Federal.

Raimundo Soares conta que só teve contato com a antiga proprietária no dia de assinar a transferência do imóvel. Meses depois a filha dele se mudou para a casa e vivia no local desde então. Ao encontrar o dinheiro ele não pensou duas vezes.

Polícia investiga de quem é o dinheiro

O caso inicialmente foi registrado na Polícia Civil, que contabilizou R$ 59,9 mil, em notas de R$ 100 e R$ 50, e encaminhou o valor para perícia. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a investigação do caso ficará a cargo da Polícia Federal.

Durante a tarde deste sábado (17), a PF esteve na casa em busca de mais indícios. Não foi encontrado mais dinheiro, mas foram apreendidos vestígios de envelopes e mais alguns objetos – não detalhados – que serão periciados.

O delegado Hayder Eduardo Martins Pereira foi responsável pelas buscas e disse que o dinheiro pode ter relação com uma investigação em aberto, mas não detalhou quem são os investigados.

“Provavelmente tem ligação com investigação da Polícia federal. A respeito disso eu não posso tecer maiores detalhes e o noticiante vai ser ouvido novamente na Polícia Federal para esclarecer os fatos. Essa investigação não faz parte da minha pasta de investigação, então, não consigo tecer maiores detalhes”, disse o delegado.

Fonte g1

Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue por categoria