Anúncio

“Ameaças graves à dignidade humana”, diz Vaticano sobre mudança de gênero e aborto

Em novo documento, elaborado pela ala conservadora da Igreja Católica e aprovada pelo papa, eutanásia e barriga de aluguel também são criticados

O Vaticano chamou as cirurgias de mudança de sexo, o aborto, a eutanásia e a barriga de aluguel de “ameaças graves à dignidade humana”, em documento divulgado nesta segunda-feira (8),

Segundo o chefe do Gabinete de Doutrinamento do Vaticano, o cardeal Victor Manuel Fernández, que divulgou o novo documento “Dignitas infinita, o papa Francisco aprovou a carta após solicitar que os bispos mencionassem nele também “a pobreza, a situação dos migrantes, a violência contra as mulheres, o tráfico de seres humanos, a guerra e outros temas” também fossem classificados como ameaças graves à dignidade humana.

O novo posicionamento ocorre em reação a outro documento lançado pela Vaticano há quatro meses no qual o papa autoriza que padres deem bênçãos a casais do mesmo sexo dentro do igrejas. O texto ainda trata da chamada “barriga de aluguel”. A “maternidade de substituição”, segundo o Vaticano, viola a dignidade tanto da mãe de aluguel quanto da criança, e lembra que o pontífice chamou a prática de “desprezível” e pediu uma proibição global.

Fonte Metro1

Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *